5 dicas para anfitriões que podem ajudar a aumentar as reservas

 A pandemia transformou profundamente a forma de viajar, e essas mudanças deverão continuar a ser percebidas em 2021. Aspectos de limpeza e higienização passaram a ter ainda mais relevância na decisão dos viajantes em relação à estadia. Locais com menor fluxo de pessoas, como casas de campo e em cidades menores de praia, ganharam a preferência dos hóspedes, longe de multidões ou alta rotatividade. E a maior presença do trabalho remoto e da educação à distância contribuem para deixar menos clara a divisão entre trabalhar e viajar a lazer. 

No Brasil, o Airbnb tem percebido, desde maio, um aumento da procura por casas de campo e em cidades menores de praia, a até 300 km dos centros urbanos, para ir de carro com a família, sem abrir mão do isolamento. Em muitos casos, são famílias em busca de um refúgio fora da cidade grande, mais perto da natureza, e, ao mesmo tempo, com boa infraestrutura (como conexão à internet, etc), para conciliar férias com a família e trabalho em home-office.

Entre os destinos que mais cresceram em procura no Brasil em agosto de 2020 (vs. o mesmo período do ano passado), estão: São Sebastião, Ubatuba, Campos do Jordão, Riviera de São Lourenço, Petrópolis, Ilhabela, Ipojuca, Búzios, Angra dos Reis, Resende, Caraguatatuba, São José dos Campos, Sorocaba.

Entre os destinos mais procurados no Brasil para dezembro de 2020 e janeiro de 2021, estão Ubatuba, São Sebastião, Riviera de São Lourenço, Cabo Frio, Campos do Jordão, Ipojuca, Angra dos Reis, Petrópolis, Ibiúna e Sorocaba.

Para que os anfitriões consigam chamar a atenção na plataforma, e ter mais chances de transformar o potencial desse aumento de demanda em reservas, o Airbnb tem 5 dicas sobre os anúncios que podem fazer a diferença.

  1. Tenha fotos variadas e de qualidade

Fotos variadas e de qualidade contribuem muito para que o anúncio seja bem-sucedido. Segundo levantamento do Airbnb no Brasil, anúncios de acomodações com mais de 20 fotos têm taxa de ocupação, em média, cerca de 25% maior que os que possuem entre 11 e 20 fotos. E os que trazem de 11 a 20 fotos, taxa de ocupação, em média, cerca de 50% maior do que aqueles com até 10 fotos.

  1. Seja fiel à realidade

É fundamental que a experiência do hóspede na acomodação atenda às expectativas iniciais e, para isso, é preciso que o anúncio seja realista e detalhado. O ideal é incluir fotos de todos os cômodos e áreas a que o hóspede terá acesso, com legendas explicativas. Além disso, as regras da casa também precisam ser detalhadas e claras.

  1. Tenha atenção à limpeza

No contexto da pandemia, aspectos de limpeza ganharam uma relevância ainda maior para os hóspedes, e estabelecer novos padrões de higienização é fundamental. Nesse sentido, o Airbnb criou seu Protocolo Avançado de Higienização, desenvolvido com orientação de especialistas internacionais, como o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos EUA, que é referência nos esforços de combate à COVID-19. Esse Protocolo passou a ser solicitado a todos os anfitriões. Segundo pesquisa global da plataforma, cerca de 95% das avaliações deixadas por hóspedes após uma estadia mostram que estão eles satisfeitos com a limpeza, com classificações que vão de 4 a 5 estrelas (nota máxima). No Brasil, os anúncios que possuem o selo do Protocolo recebem até duas vezes mais reservas.

  1. Responda aos hóspedes rapidamente, sempre na plataforma

A plataforma do Airbnb permite que anfitriões e hóspedes conversem, por mensagens no próprio sistema, em todas as fases do planejamento da estadia, desde a escolha da acomodação, passando pelo momento da reserva, pela estadia em si e pelo check-out. Esse processo é importante para que tanto hóspedes quanto anfitriões possam tirar eventuais dúvidas, como sobre as regras da casa, horários de chegada e saída, etc. Nesse contexto, ter agilidade nas respostas aos hóspedes é fundamental. De acordo com dados do Airbnb, anfitriões que respondem em até 1 hora recebem, em média, cerca 60% das reservas no Brasil. É importante que as conversas sempre aconteçam na plataforma Airbnb, que é um ambiente seguro, não fora dela. Mantenha suas informações pessoais protegidas permanecendo em nossa plataforma segura durante todo o processo que envolve a estadia, incluindo a reserva e o pagamento.

  1. Comodidades que podem fazer a diferença

O levantamento do Airbnb também mostra que certas comodidades podem fazer a diferença na decisão do hóspede de reservar. No topo da lista, estão  secador de cabelo, Wi-Fi, ferro de passar e cozinha completa. A plataforma possui filtros para que o hóspede possa selecionar suas preferências e consiga localizar com rapidez e assertividade a acomodação ideal. É possível selecionar, por exemplo, a localização desejada, bem como filtrar por faixa de preço, tipo de imóvel (como casas, cabanas, casas de campo, bangalô, etc), capacidade de hóspedes, instalações, comodidades, regras da casa, entre outros. Nesse contexto, a descrição completa no anúncio dos itens disponíveis para uso dos hóspedes é fundamental.