An Airbnb host places a pink flower on her coffee table in preparation for her next guest.

Anfitriões oferecem 100 mil acomodações para agentes de saúde no mundo

O novo programa possibilita que anfitriões ofereçam estadias a profissionais de saúde que estão na linha de frente contra o coronavírus; iniciativa não está ativa no Brasil no momento.

A nossa comunidade de anfitriões já disponibilizou 100 mil estadias em várias parte dos mundo para profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus (COVID-19). Essa iniciativa faz parte do novo programa global Acomodações de Apoio, que anunciamos na semana passada. Essas pessoas podem reservar acomodações gratuitas ou pagas em 160 países e regiões, sem cobrança de taxas de serviço do Airbnb nas 100 mil primeiras reservas. O programa não está ativo no Brasil no momento. 

Inicialmente, as acomodações só podiam ser reservadas por meio das organizações parceiras, mas, agora, profissionais de saúde também podem fazer as reservas diretamente na nossa plataforma. Essa nova funcionalidade permite que os anfitriões ajudem ainda mais as pessoas que precisam de um apoio imediato durante a pandemia. Embora o trabalho com agências governamentais e organizações sem fins lucrativos para intermediar esse processo de reserva de estadias continue, reconhecemos que o tempo é essencial durante esta crise e que muitos profissionais precisam encontrar lugares confortáveis e convenientes para se acomodar de forma rápida.

Agora, esses hóspedes poderão enviar suas informações profissionais e suas necessidades de estadia e, após revisar e identificar locais qualificados suficientes em uma região, enviaremos a essas pessoas elegíveis um convite por e-mail dando acesso para pesquisar e reservar diretamente na plataforma. Dessa forma, os anfitriões poderão identificar que o hóspede é um profissional trabalhando no combate à pandemia.

An Airbnb host waters blooming plants outside her window next to a piano.

Um programa global com parcerias

Parceiros e colaboradores globais continuam sendo a base do nosso programa, e temos orgulho de trabalhar com organizações que causam um impacto significativo na luta contra a pandemia. No lançamento, juntamos forças com alguns parceiros, como o governo da França, a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, a International Medical Corps e o Comitê Internacional de Resgate. Desde então, outras organizações renomadas em todo o mundo começaram a utilizar nossa plataforma.

  • No Reino Unido, estamos oferecendo apoio direto a hospitais e instituições do Serviço Nacional de Saúde e a outras organizações de assistência médica, além de ajudar as equipes sanitárias a reservar acomodações.
  • Na Espanha, estamos trabalhando com a Associação de Médicos Oficiais de Barcelona para oferecer acesso ao nosso programa a seus profissionais de saúde.
  • Desde o lançamento do programa-piloto na Itália, há duas semanas, mais de 3.000 acomodações foram oferecidas pelos anfitriões naquele país. Hoje, ampliamos o programa para apoiar médicos que precisam se isolar para evitar que suas famílias se exponham à doença.
  • Na França, o ministro da Habitação anunciou, no início da semana, que mais de 5.000 acomodações foram disponibilizadas por anfitriões, e que 11.000 noites foram reservadas por profissionais de saúde.
  • Nos Estados Unidos, estamos trabalhando com a Sutter Health, uma rede de saúde integrada e sem fins lucrativos, para apoiar esses profissionais no norte da Califórnia e ajudá-los a encontrar acomodações temporárias na região dos hospitais em que trabalham.

Em tempos de crise, nossa comunidade anfitriã sempre estendeu a mão aos que precisaram de ajuda. Eles abriram suas portas para famílias que perderam suas casas em incêndios, pessoas que estão se adaptando em novos países e pacientes que precisam viajar para tratamento médico. Embora esta seja uma crise sem precedentes, nossos anfitriões têm sido generosos como sempre, e somos muito gratos.