Anfitriões na Airbnb vão receber +38.000 hóspedes durante a Web Summit

  • Lisboetas que partilham a sua casa na plataforma durante a semana da Web Summit, vão ganhar, coletivamente, 3,6 milhões de euros.
  • Os visitantes chegam de 116 países, com França, EUA e Reino Unido a serem considerados os principais emissores de visitantes Lisboetas que partilham a sua casa na plataforma durante a semana da Web Summit, vão ganhar, coletivamente, 3,6 milhões de euros.

Lisboa prepara-se para receber a 11ª edição da Web Summit, que se realiza entre os dias 4 e 7 de novembro. Pela quarta vez na capital portuguesa, a maior conferência de tecnologia da Europa espera receber, este ano, mais de 70.000 participantes.

Segundo os dados da plataforma Airbnb*, durante a semana do evento, os anfitriões de Lisboa vão receber quase 32 mil hóspedes, provenientes de 116 países e 4,108 cidades diferentes. Graças ao evento, os Lisboetas podem ganhar, coletivamente, 3,6 milhões de euros pela partilha das suas casas com os hóspedes que visitem a cidade durante este período. À semelhança de anos anteriores, cerca de 10% dos anfitriões em Lisboa que beneficiam com a chegada de hóspedes durante a semana da Web Summit têm idade superior a 60 anos, e metade é do sexo feminino.

A Airbnb revela que as principais cidades dos viajantes que vão ficar em Lisboa durante a Web summit são, por ordem: Londres, Paris, Madrid, São Paulo, Berlim, Munique, Amesterdão, Rio de Janeiro e Moscovo. No entanto, os países que continuam a ser os principais emissores de visitantes permaneceram consistentes nos últimos anos: França, EUA, Reino Unido, Brasil e Espanha são os países de origem mais frequentes.

Lisboa, Portugal

Eventos como a Web Summit são uma grande porta de oportunidades para os residentes e negócios locais, e a Airbnb tem sido um grande parceiro para  cidades que recebem grandes eventos, o papel da Airbnb durante grandes eventos é ser um aliado e ajudar a construir modelos de turismo sustentável. A Airbnb ajuda os anfitriões em Lisboa a ganhar um rendimento extra através da partilha das suas casas e, ao mesmo tempo, oferece aos hóspedes mais opções de alojamentos, gerando um impacto económico positivo para as comunidades locais que visitam”.


Afirma Armand Palau, responsável pela área de alojamentos da Airbnb Marketing Services.

Não são apenas os negócios, a tecnologia e a inovação os principais motivos de atração em Lisboa durante esta semana da Web Summit, uma vez que os hóspedes na Airbnb que visitam a capital portuguesa também se interessam por descobrir a cultura e a história de Portugal, através de experiências locais na Airbnb. De acordo com a plataforma, as experiências mais procuradas estão relacionadas com a gastronomia e com a história, sendo as principais opções da lista uma experiência de degustação gastronómica, seguida de uma de passeios históricos pela cidade de Sintra.

*Chegadas de hóspedes previstas em Lisboa pela plataforma Airbnb, de 1 a 8 de novembro de 2019 (estadias durante a semana da Web Summit 2019)

O Airbnb Press Room é destinado a jornalistas. Todas as experiências e alojamentos incluídos neste conteúdo têm como finalidade inspirar e ilustrar. A Airbnb não recomenda ou promove estes alojamentos ou experiências na plataforma.

Receba novidades do Airbnb diretamente em sua caixa de entrada.

Receberá e-mails da Sala de Imprensa da Airbnb e reconhece que os seus dados pessoais serão processados de acordo com a Política de Privacidade da Airbnb. Pode cancelar a subscrição destes e-mails a qualquer momento através da ligação de cancelamento de subscrição presente em cada e-mail.

Para mudar a língua/região de sua newsletter, selecione o país desejado antes de enviar este formulário.

Obrigado por subscrever!

Ocorreu um erro ao confirmar sua inscrição. Por favor, tente novamente.