Viajantes com 60 anos ou mais lideram crescimento no Airbnb

Neste Dia Internacional do Idoso, o Airbnb, maior plataforma global de compartilhamento de lares e experiências, comemora o crescimento do uso de sua plataforma entre seus usuários sêniors brasileiros (com 60 anos ou mais): de setembro de 2017 a setembro deste ano, o crescimento registrado foi de 93% no número dos viajantes da categoria sênior (de 60 anos ou mais) em sua plataforma. Esta é a faixa etária de hóspedes que mais cresce, o que mostra que o uso de tecnologia para encontrar opções de aluguel de temporada não é exclusividade de millennials. O crescimento no Brasil também é maior do que o da média mundial da plataforma nesta faixa etária, de 66%.

Entre os anfitriões brasileiros com 60 anos ou mais, são eles quem recebem as melhores avaliações dos hóspedes, com 85% de avaliação cinco estrelas. A maioria deste grupo de anfitriões é composta por mulheres (57%). Os anfitriões sêniors também ganham mais anualmente: R$ 6 mil, enquanto a renda anual dos anfitriões típicos de todas as idades é de R$ 5,5 mil.

“O Airbnb não é só para millenials, como muita gente imagina: os usuários  ‘seniors’, estão cada vez mais conectados e pertencendo ao mundo digital”, afirma Leonardo Tristão, diretor-geral do Airbnb no Brasil. “Eles estão fazendo viagens em grupo ou com a família de forma mais recorrente, preferindo ficar juntos e se sentir em casa”, completa.

Viagens domésticas: a preferência dos sêniors brasileiros

Os viajantes sêniors preferem viajar em grupos – de família ou amigos – e fazem viagens mais longas do que outras faixas etárias: mais de cinco dias nos destinos domésticos e oito dias fora do país. A viagem doméstica é predominante: representa 53% das reservas, com destaque para São Paulo (30%), à frente do Rio, com 26%, e de Florianópolis (13%). Entre os destinos internacionais, a Europa é a região de maior interesse, com destaque para Portugal (representando 34% das reservas internacionais de sêniors brasileiros, com destaque para Lisboa e Porto) e Itália (16%).

Já para os viajantes sêniors estrangeiros que vêm ao Brasil, a cidade do Rio é a preferida, seguida por Florianópolis. Entre viajantes sêniors de todas as nacionalidades, as cidades que registraram o maior crescimento em reservas nos últimos 12 meses foram Balneário Camburiú (SC); Santos (SP); Foz do Iguaçu (PR); João Pessoa (PB); e Belo Horizonte (MG).

“O Brasil, destino preferido dos hóspedes com 60 anos ou mais, tem tudo para  ganhar continuamente com o aluguel de temporada. Os sêniors são hóspedes estratégicos: realizam viagens mais longas e com grupos de, no mínimo, 3 pessoas. E os anfitriões sêniors brasileiros ainda promovem uma hospitalidade de excelente qualidade no Brasil”, diz Leonardo Tristão.

Até 2027, o Brasil terá mais de 37 milhões de pessoas acima dos 60 anos, segundo estimativas do IBGE. Isso coloca o país na sexta posição mundial nesta faixa etária e já impacta o turismo.  O Airbnb tem identificado que os brasileiros acima dos 60 anos estão buscando cada vez mais aproveitar a vida e incluir atividades de lazer em sua rotina, inclusive com gastos maiores do que quando mais jovens.  

Receba novidades do Airbnb diretamente em sua caixa de entrada.

Você receberá emails da Sala de Imprensa do Airbnb e entende que seus dados pessoais serão processados de acordo com a Política de Privacidade do Airbnb. Você pode cancelar o recebimento desses emails quando quiser usando o link de cancelamento de inscrição em cada email.

Para mudar a língua/região de sua newsletter, selecione o país desejado antes de enviar este formulário.

Obrigado por se inscrever!

Ocorreu um erro ao confirmar sua inscrição. Por favor, tente novamente.