Two sets of clean towels rest at the end of a white bed in an Airbnb listing.

Airbnb apresenta um Programa de Limpeza Avançada para o futuro das viagens

  • Com base nas orientações do Dr. Vivek Murthy, ex-cirurgião-geral dos Estados Unidos, e em colaboração com especialistas líderes em hospitalidade e higiene médica, a Airbnb está a desenvolver recursos e normas de limpeza avançadas.  
  • Os anfitriões da Airbnb vão poder ajudar na prevenção da propagação da COVID-19 através de novos padrões de limpeza avançada, e de uma nova ferramenta opcional, que permite bloquear as reservas e deixar os alojamentos vazios durante um intervalo de 72 horas, entre cada estadia.
  • À medida que as comunidades reabram gradualmente, os viajantes e os governos poderão recorrer a estes alojamentos, dependendo das suas necessidades, para apoiar o setor do turismo. 

À medida que os Governos lidam com a crise de saúde e começam a rever as restrições relativas às viagens, na Airbnb estamos a trabalhar arduamente para apoiar a nossa comunidade e prepararmo-nos para o futuro das viagens, com um enfoque na saúde e na prevenção. Hoje anunciamos o nosso Programa de Limpeza Avançada para disponibilizar aos anfitriões recursos informativos e duas opções para poderem continuar a hospedar viajantes de acordo com medidas de limpeza e prevenção exaustivas. Os hóspedes vão poder identificar e reservar os alojamentos que fazem parte deste programa, que será lançado globalmente em maio. O nosso trabalho está baseado no conhecimento das diretrizes publicadas pelos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA, de especialistas líderes como o Dr. Vivek Murthy, ex-cirurgião geral dos Estados Unidos, e de empresas do setor da hospitalidade e higiene médica, como Ecolab.

A clean and bright Airbnb dining room with 3 antique chandeliers and ha large plant in a vase at the center of a wooden table.
  1. Em primeiro lugar, estamos a desenvolver normas de limpeza avançadas que vão incluir orientações e procedimentos melhorados sobre como limpar todas as divisões da casa. Estas diretrizes vão-se tornar nos principais padrões na indústria de homesharing, e incluirão um programa de formação e certificação para capacitar a nossa comunidade de anfitriões. Estas normas estão baseadas no histórico consistente de limpeza da Airbnb: até à data, 94% de todas as avaliações da Airbnb mostram que os hóspedes estão satisfeitos com a limpeza porque deram 4 ou 5 estrelas nesta categoria após as suas estadias.1 As normas de limpeza avançada incluirão igualmente informações específicas sobre a prevenção da COVID-19, tais como um período de espera antes de entrar no alojamento, a utilização de equipamentos de proteção individual – como máscaras e luvas -, para além de desinfetantes e gel de mãos aprovados pelas autoridades reguladoras. Estas normas estarão disponíveis para todos os anfitriões e iremos incentivá-los a adotarem e cumprirem estas práticas de limpeza reforçadas.
  1. Além disso, os anfitriões vão poder utilizar uma nova funcionalidade que permite identificar como “não disponível” um alojamento por um tempo determinado, criando um intervalo entre a saída dos hóspedes e a entrada dos seguintes. Através duma simples ferramenta incorporada na plataforma, os anfitriões podem comprometer-se a manter o seu alojamento vazio durante um período definido entre estadias, só permitindo a entrada para realizar as tarefas de limpeza. As reservas serão automaticamente bloqueadas durante este período, atualmente definido de 72 horas. Esta opção tem em conta que alguns anfitriões podem não ser capazes de comprometer-se em obter a certificação ou os produtos necessários — mas deverão ainda cumprir as recomendações do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC), e qualquer outra diretriz local aplicável como, por exemplo, a utilização de máscaras. Esta iniciativa conta com o apoia de especialistas e foi concebida pela primeira vez para o programa de Alojamentos para profissionais sanitários e de emergência, durante a crise do coronavírus, através do qual os anfitriões já ofereceram mais de 200,000 estadias em todo o mundo. 

Enquanto sociedade, devemos respeitar as recomendações de distanciamento físico recomendadas pelas autoridades de saúde pública e, ao mesmo, encontrar formas de preservar e fortalecer os vínculos entre as pessoas. Estou ansioso para ajudar a comunidade da Airbnb a desenvolver uma abordagem baseada em fundamentos sanitários e científicos, que permita aos membros oferecer alojamentos seguros e Experiências de viagem. As medidas continuarão a evoluir à medida que o nosso conhecimento e compreensão da COVID-19 aumente”, assegura o Dr. Vivek Murthy, que também liderou o Corpo da Comissão de Saúde Pública dos Estados Unidos, e coordenou a resposta aos surtos de Ébola e Zika, para além de ser o encarregado de gerir crises de assistência sanitária durante catástrofes naturais como furacões, entre outros.

Dr. Vivek Murthy, ex-cirurgião geral dos Estados Unidos

O futuro das viagens

Embora o risco durante as viagens nunca possa ser completamente eliminado, e a ciência ainda esteja em evolução, este programa foi projetado para apoiar e proteger a nossa comunidade. Os hóspedes vão poder identificar facilmente os anúncios na plataforma que vão ao encontro das suas necessidades e expectativas e fazem parte do programa. Os anfitriões terão acesso a materiais informativos sobre normas de limpeza avaliadas por profissionais especializados; e contarão também com o nosso apoio para mostrar que estão a seguir as medidas de limpeza e prevenção. Os Governos, as autoridades sanitárias, e as comunidades poderão consultar este inventário, com o objetivo de gerir a reabertura das viagens de forma controlada, e voltar a estimular a economia do turismo. Além disso, continuaremos a colaborar com os Governos locais, profissionais médicos e outras autoridades para ajudar a garantir que sejam tomadas as devidas precauções, apoiar os esforços de resposta à COVID-19, e satisfazer todos os outros requisitos aplicáveis.

“As casas tornaram-se locais de acolhimento. O futuro das viagens estará baseado numa nova zona de conforto, com a privacidade e os benefícios de sentir-se como em casa longe dela, sem multidões nem grandes movimentos. Estamos a trabalhar com especialistas líderes em saúde e higiene para que a hospitalidade que carateriza a nossa comunidade, possa adaptar-se as orientações oficiais e atender as novas preferências pessoais, com anfitriões e hóspedes a juntarem esforços para oferecer, gerir e desfrutar de alojamentos mais limpos”. 

Greg Greeley, Presidente da equipa de Alojamentos na Airbnb (Airbnb Acommodations)

Sabemos que os anfitriões estão empenhados em continuar a hospedar, e acreditamos que as pessoas estarão ansiosas para viajar no futuro. Num estudo recente que realizamos, 92% dos anfitriões em todo o mundo responderam que, após o fim da pandemia, planeiam acolher com frequência igual ou maior do que antes.2 No final de março de 2020, os dados de reservas da Airbnb mostraram que o número de reservas com data de início nos próximos 6 meses foi maior em comparação com o mesmo período do ano passado.

A guests watch rests on a side table next to a clean and comfortable bed in an Airbnb listing.

Num momento de grande preocupação devido ao coronavírus, é provável que as pessoas possam querer evitar a interação excessiva ou as zonas muito concorridas. De acordo com o relatório da Skift, de março de 2020 sobre as viagens nos Estados Unidos, a pandemia “fará com que as pessoas se sintam atraídas por atividades e experiências que envolvam menos exposição a multidões, maior controlo sobre o seu meio envolvente, e mais garantias de limpeza, pelo menos a curto prazo.” Os hóspedes têm demonstrado interesse na forma de viajar que a Airbnb oferece, devido a comodidades como cozinha privada ou lavandaria. Agora, mais do que nunca, os viajantes poderão optar por escolher alojamentos disponíveis na Airbnb, devido ao maior controlo que, por natureza, proporcionam sobre a envolvente e a viagem em geral.

Fresh pink roses pop in a clean Airbnb listing bedroom ready for its next guest.

Continuaremos a desenvolver e melhorar a nossa plataforma, ferramentas, aplicações e recursos informativos, de forma a cumprir com as normas dos Governos, e para ajudar os nossos anfitriões a adaptarem-se às necessidades dos consumidores; sempre com o objetivo de manter os nossos anfitriões, hóspedes e comunidade seguros.

  1. Dados internos da Airbnb referentes às avaliações dos hóspedes em relação à limpeza dos alojamentos até 31 de março de 2020. 
  2. Com base num inquérito da Airbnb realizado de 1 a 5 de abril de 2020 com anfitriões dos EUA, Grã-Bretanha, Austrália, França, Itália, Brasil, Coreia e México.