Handing keys over

Comunidade Airbnb apoia refugiados afegãos

Ao longo dos últimos anos, a comunidade Airbnb abriu milhares de portas às pessoas mais necessitadas. Airbnb.org – uma organização independente 501(c)(3) sem fins lucrativos dedicada a facilitar estadias temporárias a pessoas em momentos de crise – ajudou a abrigar deslocados por desastres naturais e ofereceu centenas de milhares de lugares para ficar e paz de espírito aos trabalhadores na linha da frente no auge da pandemia da COVID-19.

Nesta última semana, tornou-se muito claro que a deslocação e reinstalação de refugiados afegãos nos Estados Unidos e noutros lugares é uma crise humanitária significativa – e, face a esta necessidade, a nossa comunidade está pronta para, mais uma vez, dar um passo em frente.

Hoje, a Airbnb e a Airbnb.org anunciam que a Airbnb.org fornecerá alojamento temporário a 20.000 refugiados afegãos em todo o mundo – cujo custo será financiado através de contribuições para a Airbnb.org por parte da Airbnb e de Brian Chesky, bem como de doadores para o Airbnb.org Refugee Fund.

Airbnb e Airbnb.org reconhecem que a situação no terreno está em rápida evolução. Airbnb.org irá colaborar de perto com agências de realojamento e parceiros para ir onde for necessário, e fazer evoluir esta iniciativa e o nosso apoio conforme for necessário. Além disso, dada a enorme necessidade, a Airbnb apela aos membros da comunidade empresarial global a juntarem-se aos esforços para fornecer apoio imediato aos refugiados afegãos.

“À medida que dezenas de milhares de refugiados afegãos se reinstalam em todo o mundo, onde ficam será o primeiro capítulo das suas novas vidas. Para estes 20.000 refugiados, a minha esperança é que a comunidade Airbnb lhes proporcione não só um lugar seguro para descansar e recomeçar, mas também um lar acolhedor”.

Brian Chesky, CEO e co-fundador da Airbnb 

O anúncio de hoje baseia-se nos esforços que já começaram na Airbnb e na Airbnb.org para apoiar os refugiados afegãos. Na semana passada, a Airbnb.org concedeu financiamento de emergência e apoio ao International Rescue Committee (IRC), HIAS e Church World Service para proporcionar estadias temporárias imediatas através da plataforma Airbnb para até 1.000 refugiados afegãos. Neste último fim-de-semana, a Airbnb.org trabalhou com parceiros para colocar 165 refugiados em habitações seguras pouco depois de terem aterrado nos EUA. 

“Como o IRC ajuda a acolher e reinstalar afegãos nos EUA, é urgentemente necessário e essencial um alojamento acessível.  Estamos gratos aos nossos parceiros na Airbnb.org e na Airbnb por mais uma vez oferecerem o seu apoio e infraestruturas neste momento, proporcionando lugares seguros e acolhedores para indivíduos e famílias à medida que chegam aos Estados Unidos e começam a reconstruir as suas vidas”.

David Miliband, Presidente e CEO do International Rescue Committee

Nos últimos quatro anos, a Airbnb.org e a Airbnb conectaram aproximadamente 25.000 refugiados – incluindo centenas que participaram no Programa Especial de Vistos de Imigrantes dos EUA – a alojamento temporário. No início deste ano, a Airbnb.org anunciou a criação do Refugee Fund no valor de 25 milhões de dólares, para expandir ainda mais o apoio da Airbnb.org aos refugiados e requerentes de asilo em todo o mundo.

Sabemos que os anfitriões e hóspedes da Airbnb em todo o mundo estão ansiosos por apoiar este esforço maciço – e, nos próximos dias, a Airbnb e a Airbnb.org planeiam partilhar detalhes sobre como os anfitriões e a comunidade em geral podem apoiar esta iniciativa. Entretanto, saiba mais sobre o trabalho da Airbnb.org para abrir casas em tempos de crise no airbnb.org/join.